Tudo o que você precisa saber sobre Empirismo

Essa palavra talvez seja familiar para um ou outro dentro de um time de produto, mas e para você? Você usa esse conceito diariamente? E qual a relação disso com o produto que construímos? Empirismo, em uma de suas definições no dicionário significa, a teoria de que todo conhecimento é baseado na experiência derivada dos sentidos. Um dos exemplos mais simples e diretos de empirismo é a maneira como nós, humanos, aprendemos. Quando somos crianças, não entendemos o conceito de muitas coisas e minha mãe muitas vezes me dizia para não tocar no forno. Mas sabe como são as crianças né?! Eu não escutei até tocar no forno quando ela estava cozinhando. Eu queimei minha mão e foi o suficiente para lembrar de não tocar lá novamente. Foi um processo muito empírico. Eu conhecia a teoria (minha mãe me disse muitas vezes que posso queimar minha mão), mas aprendi com minha experiência. Quando eu cresci, não sabia o que fazer da vida. Tentei vários empregos para ver se é disso que gosto. Assim, fui estagiário, técnico em informática e analista de suporte. Eu experimentei muitas profissões diferentes até entrar na área de produto e entender que é isso que eu gosto de fazer. Foi um processo muito empírico. Tive que fazer o trabalho para ver se gostava ou não.

Por que não praticamos o empirismo em nossas afirmações?

O que é revelador aqui é que a comunidade Ágil supostamente trata apenas de “empirismo”. E embora o tipo de empirismo que acontece no Agile e no Scrum seja mais sobre aprender com a experiência, não deveríamos também aplicar o empirismo nas nossas afirmações que fazemos sobre o que é verdade? O empirismo nos permite desenvolver um conhecimento confiável sobre o mundo e compreender as consequências das ações. Conhecimento confiável requer evidência confiável que seja proporcional à afirmação. Embora a intuição e as preferências pessoais certamente tenham seu valor, não são fontes confiáveis de evidência. O físico Carl Sagan resumiu isso como “alegações extraordinárias requerem evidências extraordinárias”. Sagan também nos estimula a sermos céticos em relação às alegações que carecem de evidências proporcionais e desafiar aqueles que as fazem sem tais evidências. Isso eleva as discussões para longe da opinião pessoal e para a qualidade das evidências. Essas são discussões muito mais produtivas, pois tendem a encorajar opiniões diferenciadas. Aqui cabe um ponto de atenção: o efeito HiPPO pode impactar diretamente nas discussões. Falamos desse assunto aqui.

O que é uma boa evidência?

Boas evidências são isentas de preconceitos pessoais e são coletadas e analisadas por meio de métodos imparciais. Isso significa que outras pessoas podem reunir os mesmos dados (observações, casos, números) e usar os mesmos métodos para chegar às mesmas conclusões. É extremamente difícil reunir fortes evidências objetivas para apoiar afirmações igualmente fortes. Também requer habilidades especializadas para analisar dados e chegar a conclusões sólidas.

Mas por que preciso saber de empirismo e boas evidências?

Mas vamos voltar à teoria. Se quisermos implementar um processo empírico na prática, precisamos ter três elementos, ou pilares, do empirismo, que são: transparência, inspeção e adaptação. Transparência significa que todos sabemos o que está acontecendo; a inspeção nos permite verificar o nosso trabalho à medida que o fazemos, ao passo que, com a adaptação, podemos mudar a direção tática e minimizar possíveis desvios do nosso curso. Uma vez que esses três pilares sustentam a implementação do empirismo, o Scrum é baseado na teoria de controle de processo empírico. Desta forma, o Scrum se relaciona com a transparência, inspeção e adaptação. Antes mesmo de adotar um framework, metodologia ou algo similar, dê um passo para trás e reflita sobre sua base/alicerce. É aqui que você deve concentrar seus esforços e alinhar expectativas. Assim como a boa educação de base faz diferença no ensino médio e faculdade, saber os pilares e no que se baseia a metodologia que você quer adotar é fundamental para seu uso. Talvez esta seja a forma com que o time realmente adote os valores, princípios e chegue ao tão sonhado time auto organizado e buscando a melhoria constante.